Carta aberta a Robb Stark

Carta aberta a Robb Stark Séries
por

ESTE TEXTO CONTÉM SPOILERS PARA QUEM AINDA NÃO CHEGOU À TERCEIRA TEMPORADA DE GAME OF THRONES.

LEMBRANDO QUE: sim, eu estou atrasada em Game of Thrones e escrevi este texto assim que terminei a quarta temporada. Então, é apenas uma visão minha sobre meu personagem preferido da série.

Caro Robb,

Chega a ser engraçado o quanto eu relutei em te conhecer. Enquanto todo mundo já sabia quem você era há algum tempo – e até já sabia como seria traçada sua história -, eu relutei.

Dizia que provavelmente nunca me encantaria, que esse seu mundo não fazia muito meu estilo, entre outras desculpas esfarrapadas. Até o dia em que cedi.

As pessoas falavam tanto, não exatamente sobre você, mas sobre sua família, seus amigos e inimigos, que resolvi dar uma chance a tudo isso.

Assim que comecei a minha trajetória até você, fui muito aconselhada “nessa história, não se apegue a ninguém, não vale a pena!”. Mas eu não sou esse tipo de pessoa. Ah, não sou mesmo!

Então, vi você ser super cuidadoso com seus irmãos, carinhoso com sua mãe, um amigo leal do seu irmão bastardo e um verdadeiro aprendiz do seu pai!

Ao mesmo tempo em que demonstrou tantos sentimentos e um coração enorme, você entendia seu papel no mundo. Sempre soube as responsabilidades de ser filho de quem era e nunca fugiu delas.

Aliás, o mundo ovacionou seu pai com tanta empolgação que até hoje acho estranho não terem se curvado a você da mesma forma. Afinal, pra mim você sempre foi uma versão estendida de Eddard Stark.

Me arrisco dizer que talvez não temha havido nos Sete Reinos alguém tão justo quanto você. Você sabia quando era hora de ouvir os conselhos dos mais sábios; quando era hora de seguir seus próprios princípios; hora de disciplinar quem mereceria, assim como Ned te ensinou logo de início, sem se deixar abalar pelo bom coração; e até quando era hora de amar de verdade.

tumblr_m1m8dqtkvT1qgv2lzo1_r2_500

Você tinha, em quantidades ainda mais significantes, a honra que só Ned Star mostrou ter.

De garoto, você teve que se tornar homem de uma hora pra outra, e mais, o rei do Norte que todos esperavam! Todos sabiam o quanto você era excelente no campo de batalha. E foi assim que você comandou todo um exército por muitas vitórias.

Você foi o líder que o Norte precisava e, por mais que tenha tomado decisões não tão acertadas ao final, sempre fez tudo pelas razões certas.

E pela razão certa você priorizou seu amor e não sua palavra; pela razão certa você foi àquele casamento. Para mais uma vez provar sua honra.

Mas, é isso, em Westeros é assim mesmo, quem prioriza as razões certas sempre tem menos chances de sair vivo. As pessoas são realmente arrancadas dos nossos corações sem piedade!

Agora, Robb, eu já conheci muita gente depois de você. E com muita felicidade  te conto que entre todas elas, Jon é a que está indo pelo mesmo caminho justo que você, avançando com a mesma honra que só um verdadeiro Stark poderia.

É, dizem que na Guerra dos Tronos não há heróis ou vilões e eu não poderia discordar mais! Ser herói não implica ser sempre bom, implica (mais uma vez) agir sempre com honra e justiça. E foi isso que você fez por três anos… e é isso que Jon agora tem feito!

Passadas duas temporadas, eu ainda não superei a sua morte e continuo lembrando de você como a melhor pessoa que não só o Norte, mas os Sete Reinos inteiros poderiam ter como rei.

The king of the north!

 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *